facebook

ROTULAGEM DE ALIMENTOS

Manual de orientação às indústrias de alimentos.
Tomando como base a legislação vigente, o manual detalha como deve ser apresentada a tabela de informação nutricional nos rótulos e mostra todos os passos de como elaborá- la.
(Fonte:http://www.anvisa.gov.br/rotulo/manual_industria.pdf)

Manual de orientação sobre a tabela de informação nutricional obrigatória.
Utilizando uma linguagem simples e objetiva para torná-la mais clara e ajudar o consumidor na escolha de uma alimentação mais saudável.(Fonte: ANVISA)

Manual de rotulagem para alimentos embalados
Manual de orientação sobre as legislações para rotulagem de alimentos e anexo roteiros para análise de rótulos. Vigilância Sanitária do Paraná e Universide Federal do Paraná.(Fonte: SESA/PR)

Tabela Brasileira de Composição de Alimentos- TACO - (NEPA/UNICAMP)
Dados sobre a composição de alimentos consumidos nas diferentes regiões do Brasil. Pode ser utilizada como fonte de dados para elaboração da tabela de informação nutricional obrigatória para rótulos.
Fonte: (http://www.unicamp.br/nepa/downloads/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf)

Tabela Brasileira de Composição de Alimentos - USP
Tabela Brasileira de Composição de Alimentos - USP - Projeto Integrado de Composição de Alimentos elaborou um Banco de Dados Brasileiro de Composição de Alimentos, visando a integração e validação das informações brasileiras no contexto nacional e mundial.
Fonte: http://www.fcf.usp.br 

Você sabe o que está comendo?
Manual de orientação aos consumidores. Educação para consumo saudável. Divulga ao consumidor as diversas legislações para rotulagem, numa abordagem ampla e fácil dos termos mais utilizados como "light", "diet", informações nutricionais, informações obrigatórias como lote, data de validade, ingredientes, principais advertências entre outros.
(Fonte:https://www.anvisa.gov.br/alimentos/rotulos/manual_consumidor.pdf)

Como ler um rótulo
Rotulagem dos géneros alimentícios de acordo com a legislação da UE. Como ler um rótulo? Elaborado pela Comissão Europeia, Direção Geral da Saúde e da Defesa do Consumidor. Fonte:http://twixar.com/WSpfs2RBcIV